Biblioteca

Mesada: conheça os prós e contras desta prática

Semana passada, durante um jantar na casa de amigos, presenciei uma cena divertida e que imagino que é comum nas famílias que têm filhos jovens e adolescentes, principalmente, nos finais de semana. Assim que todos se reuniram à mesa, o filho mais velho do casal (18 anos) chegou e disse:

- Pai, me dá um dinheiro que eu “tô” indo "pra" balada.

E continuou:

- Capricha que hoje eu tenho uma convidada muito especial.

Enquanto todos riam, nada restou ao “pobre pai” senão abrir a carteira e fazer a vontade do filho, afinal, que pai resiste a um pedido destes, ainda mais por uma causa tão nobre. Claro que liberar o carro fazia parte do pacote. E lá sei foi o moço com o bolso cheio, feliz da vida, para sua night.

Depois dessa, o assunto do jantar não poderia ser outro, senão:

Os pais devem dar mesada aos filhos?

MESADA - PONTOS POSITIVOS

Sem dúvida que prática de dar mesada é uma excelente maneira de ensinar aos filhos sobre a importância da organização financeira e das vantagens da disciplina orçamentária na vida de qualquer pessoa. Além disso, a mesada pode atuar como um instrumento de conscientização coletiva, uma vez que requer a participação de todos no processo de uso racional do dinheiro. A prática da mesada também desperta para a importância de poupar, pois desenvolve o senso crítico de valorização daquilo que é comprado a partir do sacrifício financeiro das economias, principalmente, num momento em que - quase tudo – aparentemente, é tão descartável.

MESADA - PONTOS NEGATIVOS

Um ponto negativo da mesada é quando esta adquire caráter de “renda vitalícia” e causa dependência financeira (- talvez comodismo!) em quem a recebe, o que, obviamente, vai na contramão da proposta. Quem recebe mesada precisa ter em mente que o objetivo principal da prática é o estabelecimento de um padrão de consumo programado e coerente com a realidade financeira de um grupo de pessoas, pois todos terão que respeitar limites e viver de acordo com as suas possibilidades, sem causar prejuízo aos demais.

Isso justifica a importância do valor da mesada estar alinhado com a realidade financeira da família, devendo, inclusive, ser ajustado ou até mesmo suspenso durante períodos de "aperto" econômico. Por outro lado, quem dá a mesada nunca deve fazer dela uma moeda de troca ou uma forma de reprimir/controlar tudo aquilo que desaprova, pois respeito - definitivamente – não é uma questão de dinheiro.

DICAS E SUGESTÕES

Para aqueles pais que ainda estão em dúvida se devem ou não dar mesada aos filhos, proponho o seguinte:

  • Iniciem dando pequenos valores semanalmente. Na medida que a consciência e a  maturidade de uso do dinheiro forem sendo desenvolvida, aumentem o prazo entre um pagamento e outro;
  • Valorizem todas as conquistas: desde a compra de um simples brinquedo com o uso das economias até o recebimento de juros e dividendos de um investimento;
  • Evitem dar presentes fora de época e de valores desproporcionais a mesada, pois isto desestimula o hábito de poupar;
  • Estejam sempre atentos a forma de uso do dinheiro, evitando assim, dores de cabeça futuras, afinal, a idéia da mesada é contribuir para o bem da família;
  • Dar mesada é apenas o primeiro passo. Contudo, é preciso ir mais além. Participar da gestão do dinheiro (ainda que sutilmente) é uma forma eficiente de despertar no recebedor o interesse pelas finanças, ou seja: pela formação de reservas, pelo poder dos juros, pela importância dos investimentos, para os perigos do endividamento, etc;
  • Sempre que algo sair errado - como quando o dinheiro acabar antes do previsto – não se deixem levar por "rostinhos tristes". A experiência de vivenciar um período momentâneo de falta de dinheiro, certamente trará resultados melhores do que a certeza que o papai e a mamãe sempre resolvem tudo;
  • De vez em quando, meio "sem querer" – deixem passar uns dias da data de pagamento habitual, pois é preciso que o recebedor entenda que a vida é cheia de imprevistos; assim você estará demonstrando a importância de sermos previdentes no processo de Independência Financeira.

Administrar a mesada é uma prática que pode contribuir em muito para a melhoria da conduta orçamentária de qualquer pessoa, além de favorecer a aproximação e o diálogo em família. Vale a pena experimentar!

» Leia Agora: Controle Financeiro: por onde começar?

Comentários

  1. É de extrema importância ensinar as novas gerações, desde crianças, à como gerenciar o dinheiro, para que no futuro as mesmas não sejam enganadas financeiramente e para que saibam como usar a "moeda", com isso, a mesada auxilia desde cedo, para que não seja gastada com coisas supérfluas e gastada mais do que deveria, sabendo assim à administrar de forma racional o dinheiro.

    Lucas Felicio
    Convênio: Colégios SESI Curitiba 2017 - Grupo 1
  2. Excelente artigo.
    Mesada para os filhos desde pequenos é uma excelente maneira de ensinar sobre negócios.

    Wilen Ronaldo Da Silva
    Convênio: Colégios SESI Curitiba 2017 - Grupo 1
  3. A mesada é algo essencial para uma criança, pois estimula a mesma a desenvolver o uso racional do seu dinheiro, promovendo assim melhor organização, entretanto altas quantias de mesada acabam deixando as crianças mais despreocupadas na questão de arrecadar dinheiro de forma justa através do trabalho.

    Kalebe Maia
    Convênio: Colégios SESI Curitiba 2017 - Grupo 1
  4. Bem, ao meu ponto de vista os prós superam os contras em uma gestação e execução ciente da mesada. Legal alguém botar "no papel" todos os prós e contras da mesada, também explicando quando ela é bem efetuada, vários pais podem aprender com um texto assim.

    Estafani Frutos
    Convênio: Colégios SESI Curitiba 2017 - Grupo 1
  5. Agora entendi que mesada é algo importante na vida de alguém e que esta faz mudar suas atitudes com relação a gastar muito e faz com que ela tenha que entender como funciona a renda

    Giovani
    Convênio: Colégios SESI Curitiba 2017 - Grupo 1
  6. é importante dar uma certa quantia de mesada para os filhos para que aprendam a lidar com o dinheiro, mas também, impunha metas para o mesmo; por exemplo, se a criança ajudar a limpar a casa, uma quantia será imposta; assim ela aprenderá a valorizar o dinheiro com uma importância parecida ou igual diante do esforço que teve para conquistá-lo, e da mesma forma, tirando a possibilidade de a criança se "acomodar" com o dinheiro fácil, como comentado no texto.

    Gabryelle da Silva
    Convênio: Colégios SESI Curitiba 2017 - Grupo 1
  7. Após a leitura do artigo todas as possíveis dúvidas sobre mesada são sanadas. Dar mesada para os filho é uma excelente ideia de finanças.

    Aryane Karolyne Ferreira Leite
    Convênio: Colégios SESI Curitiba 2017 - Grupo 1
  8. Eu acredito que dar mesada aos filhos é uma ótima ideia, pois eles vão treinar para o futuro, é uma pequena forma de ensina-los como não se endividar. Além disso vão dar mais valor as coisas que conquistam, sendo assim conseguem criar responsabilidade e organização. Mas é sempre bom lembra-los que o dinheiro nem sempre vai vir fácil, e que dinheiro honesto é resultado de ser inteligente ou dar o seu esforço. Ótimo texto.

    Lais Magnani
    Convênio: Colégios SESI Curitiba 2017 - Grupo 1
  9. Boa, mesada é uma ótima forma para aprendermos a economizar e a gastar com sabedoria.

    Josué Reis
    Convênio: Colégios SESI Curitiba 2017 - Grupo 1
  10. aprender a gerenciar seu próprio dinheiro desde pequeno é muito importante para o futuro.

    Pedro Stoco
    Convênio: Colégios SESI Curitiba 2017 - Grupo 1
  11. Isso foi uma ideia estupenda, colocar os prós e contras frente a frente , é importante para a vida de cada um.

    Luis Eduardo Gritz
    Convênio: Colégios SESI Curitiba 2017 - Grupo 1
  12. A matéria esta muito boa tudo muito bem explicado vai ajudar bastante

    Eduardo Erdeman
    Convênio: Colégios SESI Curitiba 2017 - Grupo 1
  13. É importante para uma criança, por exemplo, ir ganhando seu dinheiro para que desde de pequena ela aprenda a como administrar seus gastos e também a aguardar seu dinheiro.
    O problema é que grande parte da sociedade não sabe cuidar (guardar) dinheiro e com isso, muitas pessoas acabam se endividando e não sabem lidar com a situação.

    Marina Fritsch
    Convênio: Colégios SESI Curitiba 2017 - Grupo 1
  14. sim para incentivar a ter o seu próprio dinheiro, ter a sua própria organização financeira, e saber como avaliar os seus gastos .

    Ana Caroline Colonossi
    Convênio: Colégios SESI Curitiba 2017 - Grupo 1
  15. Mesada é o ato de dar dinheiro mensalmente para os seus filhos, influenciando a administração e organização financeira

    Luigi
    Convênio: Colégios SESI Curitiba 2017 - Grupo 1
  16. bom o uso da mesada para crianças e adolescentes deve ser muito bem pensado antes de começar a dar a mesada deve ter em mente que o seu filho ou filha deva colocar em sua cabeça que dinheiro se usa com responsabilidades e toda responsabilidade tem suas consequências

    Luccas dos Santos brisola
    Convênio: Colégios SESI Curitiba 2017 - Grupo 1
  17. Os pais não necessariamente "devem" dar mesada para seus filhos, até mesmo porque, muitos não pensam direito em relação ao que vão comprar ou investir seu dinheiro.

    Lucas Machado Lemos
    Convênio: Colégios SESI Curitiba 2017 - Grupo 1
  18. O importante da mesada é você aprender a conviver com uma certa quantia e nada alem disso. No caso deste filho adolescente cujo o pai lhe forneceu o dinheiro, mesmo ele estando em uma situação em que não tinha mais dinheiro seu pai o embolsou com uma quantia de seu agrado.
    um costume vindo de uma pessoa sem a linha do limite de seu próprio dinheiro.

    Maria Eduarda pereira
    Convênio: Colégios SESI Curitiba 2017 - Grupo 1
  19. A mesada é um ótimo meio de começar a ensinar os filhos a ter uma renda e a poupar para comprar com o seu próprio dinheiro.

    Leonardo Feijo
    Convênio: Colégios SESI Curitiba 2017 - Grupo 1
  20. É importante ensinar a criança mexer com dinheiro o quando antes

    Laura Aiko Ribeiro
    Convênio: Colégios SESI Curitiba 2017 - Grupo 1
  21. Mesada e uma forma de ajudar os filhos a comecarem a administrar o proprio dinheiro,assim,ajudando a aprender a cuidar de gastos desnecessarios.

    Gabriel Yurik
    Convênio: Colégios SESI Curitiba 2017 - Grupo 1
  22. mesada estimula a criança a poupar dinheiro desde criança

    Nicolas Alberto Gurski
    Convênio: Colégios SESI Curitiba 2017 - Grupo 1
  23. A mesada é algo que incentiva o ganho de dinheiro desde criança. os pais estimulam quantias para os seus filhos por mês ou semana.eu acho certo mas as vezes as crianças ficam sem a noção de saber oque é trabalho para ganhar dinheiro.e ficam muito 'mimadas'.

    Joao Pedro
    Convênio: Colégios SESI Curitiba 2017 - Grupo 1
  24. Devemos proporcionar mais breve possível para um criança as boas práticas da gestão financeira. Somente com a prática a criança desenvolverá o uso racional do dinheiro não se deixando levar por emoções tampouco sendo enganada por terceiros.

    Maria Cecilia De Figueiredo Cruz
    Convênio: Colégios SESI Curitiba 2017 - Grupo 1
    1. Olá Maria Cecília, agradeço pela seu comentário.
      Sim, você está certíssima: quanto mais cedo pudermos educar nossas crianças sobre como usar o dinheiro de forma racional e planejada, mais estaremos contribuindo para a melhoria da qualidade de vida das futuras gerações.
      O desafio é grande, mas vamos em frente!

      G9 Investimentos
      G9 Investimentos
  25. Adorei terem colocados os prós e os contras, eu acho legal a ideia de dar a mesada pra conscientizar o filho desde criança, porque faz muita diferença.

    Luiza Valéria Veiga de Moraes
    Convênio: Colégios SESI Curitiba 2017 - Grupo 1
  26. muito bom ,clareou todas as duvidas e deu novas ideias nota 10

    Felipe Schiel
  27. a matéria esta bem completa e ajuda na convivência familiar

    FELIPE BOLINCENHA GRAF
    Convênio: Colégios SESI Curitiba 2017 - Grupo 1

Os comentários e opiniões aqui apresentados são de responsabilidade exclusiva dos seus autores e não necessariamente refletem a opinião do Grupo G9 Investimentos - Consultores Associados.

Participe

Deixe seu comentário no nosso fórum de discussão. Faça o seu cadastro ou acesse a sua conta.

Conheça Nossos Programas de Educação Financeira

Nossa missão é contribuir para o sucesso financeiro e pessoal dos nossos clientes.

G9 Educação – Uma empresa do Grupo G9 Investimentos - Consultores Associados