Biblioteca

Faça o teste e descubra o seu grau de tolerância à corrupção

Você já parou para pensar como lida com a corrupção?

A corrupção é um problema comportamental muito antigo e que não se limita a situações que envolvem dinheiro e poder, embora quase sempre esteja relacionada a elas.

Existem muitas formas de corrupção, desde as mais ousadas e explícitas até aquelas bastante sutis, mas que igualmente causam grandes estragos. Na verdade a corrupção está em tudo aquilo que representa uma vantagem indevida, que desrespeita a "regra do jogo" e que - invariavelmente - causa algum mal ou prejuízo a algo ou alguém.

A corrupção é endêmica, porém prospera com mais facilidade nas sociedades impunes, subdesenvolvidas e ditatoriais, sendo responsável por um dos maiores males da atualidade: a desesperança.

Para mudar este cenário não basta "apontarmos o dedo". É preciso refletir e combater a corrupção começando pela raiz do problema, ou seja: NÓS MESMOS!

Faça o teste e descubra o seu grau de tolerância à corrupção

Escolha a alternativa que melhor represente o seu comportamento diante das situações descritas.

Regras:

  • Você não pode mudar sua resposta.
  • Dedique - no máximo - 30 segundos para cada reflexão.
  • Caberá exclusivamente a você julgar o que considera certo ou errado.

Situação 1: Cãozinho Totó

Você leva seu cãozinho para passear. De repente, Totó resolve fazer o "número 2" na grama do vizinho que, por sua vez, não está em casa. O que você faz?

a) Dá um jeito de limpar imediatamente, afinal o vizinho não tem culpa de você querer ter um animal de estimação, tampouco precisa conviver com a sujeira deixada por ele;

b) Sabe que é errado, mas - excepcionalmente - neste dia não limpa, pois esqueceu o saquinho de coleta em casa e já está atrasado para o trabalho;

c) Olha ao redor para ver se alguém viu e - ao perceber que a casa está vazia - sai de fininho, afinal, Totó é um bichinho "limpo" e sujar a grama do vizinho não é nada grave.

Situação 2: "Pit-stop" em local proibido

 Você precisa buscar um remédio na farmácia, mas naquela região nunca há onde estacionar. Depois de três voltas na quadra vê uma vaga para idosos livre. Você não irá ficar mais do que 5 minutos. O que você faz:

a) Continua procurando por uma vaga convencional, pois um idoso poderá precisar daquela vaga especial;

b) Decide parar. Sabe que está errado, mas precisa buscar o remédio e já está bastante atrasado, sem contar que já deu três voltas na quadra;

c) Para e pronto. Se alguém chegar depois, que aguarde um pouco.

Situação 3: Troco errado

Você vai ao supermercado e faz a compra do mês. Na correria, o caixa lhe dá o troco errado e você só percebe quando já está dentro do carro saindo do estacionamento. O que você faz?

a) Volta imediatamente e devolve a diferença, pois sabe que o dinheiro sairá do bolso do funcionário do caixa;

b) Pensa em voltar, mas acaba desistindo, pois o mercado estava lotado. Como você sempre faz suas compras lá pensa em devolver na próxima vez;

c) Não devolve, pois considera que o erro não foi culpa sua. Quem mandou o funcionário do supermercado não prestar atenção? Ademais, que diferença o valor fará para um mercado tão grande?

Situação 4: Recompensa

Você trabalha numa empresa há 10 anos. Ocupa o mesmo cargo há "séculos" e não vê perspectivas de ser promovido. Seu salário está defasado. Ao longo do tempo viu muitos colegas aceitarem "presentes" de fornecedores, sendo que hoje a condição financeira deles é bem melhor do que a sua. A empresa está prestes a fechar um grande contrato no qual você será o responsável direto pelas compras. Um dos fornecedores lhe oferece um "presente" caso seja escolhido. Como você reage:

1) Fica ofendido e denuncia o fornecedor para a diretoria, pois não compactua com isso. Tem consciência que aceitar propina não é o modo correto de crescer financeiramente;

2) Acaba aceitando. Sabe que não é correto, mas ao mesmo tempo não se sente valorizado pela companhia, mesmo depois de tudo que fez por ela;

3) Aceita sem problemas e já faz planos para o dinheiro. Chega de ser bonzinho com quem não te valoriza.

Agradecimento

Obrigado por dedicar o seu tempo para refletir sobre um assunto tão importante e que diz respeito a todos nós. Espero que esse pequeno exercício tenha contribuído de alguma forma neste longo processo de aprendizado e amadurecimento ético e pessoal, cheio de armadilhas e tentações. Saiba que estou curioso para saber suas respostas. Fique à vontade para me contar.

A propósito: você respeitou as regras deste teste?

» Leia Agora: GPS Financeiro: os indicadores de qualidade do orçamento pessoal

Comentários

  1. Meu grau é realmente baixo, acho corrupção algo inaceitável desde interesses políticos ou pessoais

    Julia Madalena
    Convênio: Colégios SESI Curitiba 2017 - Grupo 1

Os comentários e opiniões aqui apresentados são de responsabilidade exclusiva dos seus autores e não necessariamente refletem a opinião do Grupo G9 Investimentos - Consultores Associados.

Participe

Deixe seu comentário no nosso fórum de discussão. Faça o seu cadastro ou acesse a sua conta.

Conheça Nossos Programas de Educação Financeira

Nossa missão é contribuir para o sucesso financeiro e pessoal dos nossos clientes.

G9 Educação – Uma empresa do Grupo G9 Investimentos - Consultores Associados